Naquele verão, as ruas de Vinci pareciam sufocadoras para Ell’,não fosse pelo fato de seu cabelo quse branco estar tampando seu palido rosto e seu lapis de olho de ontem já estar todo borrado, ela poderia até parecer uma estrela de cinema dos anos cinquenta.
Seu pai, Matthew a guiava para um beco onde uma bizarra banca de antiquidades estava aberta, o cheiro que se podia notar de longe a dava vertigens.
Seus pés ja doiam um pouco e, o cheiro forte ja tomava conta de seus pulmões tornando o simples ato de respirar uma função quase impossivel. Já dentro da banca seu pai deleitava-se com pequeninas bússolas revestidas de couro do seculo 16. - Seu pai era colecionador de antiquidades; bussolas, binoculos, canetas….estas coisas- Por um ato involuntario Ell’ pegou uma pequena caixinha de papelão do lado de algumas revistas - antigas- e começou a remexer nela; colares de perolas,- já amareladoas pelo tempo brincos de ouro branco e rubis, pulseiras de prata com detalhes de marfim.

0 comentários:

Postar um comentário

Follow by Email

Sobre o blog

Ola,
Bem, neste blog irei reunir minhas três grandes paixoes: Literatura, musica e fotografia! Também vou colocar alguns textos que eu mesmo escrevo.
Bem, espero que vocês gostem, comentem e se inscrevam!
Beijooos! ;D

Seguidores